Memorial e Museu do Padre Leo junto a Comunidade Bethânia em São João Batista - Santa Catarina - Brasil

Selected for Google Maps and Google Earth

Comments (3)

Emerson R. Zamprogno on February 6, 2010

Quem é o Padre Leo, Yuji?!

Paulo Yuji Takarada on February 7, 2010

Emerson R. Zamprogno, eu vou postar sobre a Comunidade Bethânia que tem feito muito pelos abandonados. "A Comunidade Bethânia nasceu de um desejo que o Espírito Santo colocou no coração do Padre Léo scj, a partir de sua própria experiência como sacerdote, trabalhando no Colégio São Luiz, em Brusque (SC).

Os consagrados e consagradas da Comunidade Bethânia fazem votos de pobreza, castidade e obediência; vivem e convivem em união fraterna, no trabalho comunitário, na vida em oração e na formação permanente.

Ser consagrado ou consagrada na comunidade Bethânia é mais do que dar o melhor de si para o outro que acolhemos, é se dar em plenitude ao outro, é um ato de doação incondicional, é se responsabilizar imediatamente pelo Filho ou Filha que acolhemos.

Ser Bethânia é crer e assumir que quando acolhemos um Filho ou uma Filha desfigurados pela dependência, acolhemos o próprio Cristo.

A comunidade Bethânia foi fundada em 14 de março de 1995. É uma entidade filantrópica sem fins lucrativos, declarada de utilidade pública municipal.

A comunidade está aberta para acolher jovens drogados, alcoólatras, menores abandonados e portadores do vírus HIV. Além de moradia, é oferecido gratuitamente a alimentação e os cuidados básico de higiene e saúde.

Os responsáveis pelo acompanhamento diário são os consagrados que vivem em Bethânia, voluntariamente, sem nenhum vínculo empregatício.

Aqueles cujos familiares podem ajudar financeiramente o fazem através de doações mensais à comunidade. Segundo a tradição cristã, com base na Sagrada Escritura, em Bethânia moravam os grandes amigos de Jesus: Lázaro, Marta e Maria (cf. Lc 10,38; Jo 11,1ss). Era o Recanto de Jesus, o lugar onde encontrava descanso, repouso, carinho e amizade profunda e verdadeira. Bethânia é o lugar que sabia acolher Jesus.

A Comunidade procura ver Jesus Cristo em cada jovem e adolescente drogado, prostituído, doente e que perdeu o sentido de sua vida. Procura ser sinal da vida plena que é Jesus para todos aqueles que perderam o sentido da |vida.

Um dos pontos fundamentais do trabalho de recuperação com dependentes de drogas é o trabalho sério e metódico.

O trabalho é parte fundamental do processo de libertação. Aprender a fazer um trabalho duro com uma boa atitude é sinal de maturidade e um bom reflexo do crescimento pessoal e especialmente espiritual.

Pela cultura da droga aprende-se como negociar e roubar. Em Bethânia, olha-se para o trabalho como um privilégio sagrado. Ser criativo e produtivo é uma herança outorgada por Deus, e por meio do trabalho cria-se dignidade e auto-estima. Em Bethânia, procura-se tratar aqueles que vivem no local como verdadeiros filhos e não como pacientes internados. O carisma é acolher cada um e não simplesmente recuperar.

A recuperação é um processo e é fruto do acolhimento. Não existe um tempo fixo de permanência em no Recanto. A graça de Deus, o esforço pessoal, o nívil de intoxicação, a facilidade de adaptar-se a um novo estilo de vida não podem ser mensurados e nem limitados a um tempo pré-determinado. Existe um tempo básico que pode variar de 6 a 12 meses". Fonte Wiki da Canção Nova

Saudações, de Dourados - Mato Grosso do Sul _ Brasil

Emerson R. Zamprogno on February 7, 2010

Obrigado por contar a história, Yuji!

Sign up to comment. Sign in if you already did it.

Paulo Yuji Takarada
Dourados \u002D MS \u002D Brasil

Photo taken in São João Batista, Santa Catarina, Santa Catarina, Brazil

Photo details

  • Uploaded on February 6, 2010
  • © All Rights Reserved
    by Paulo Yuji Takarada
    • Camera: SONY DSC-HX1
    • Taken on 2010/01/09 13:55:32
    • Exposure: 0.001s (1/1250)
    • Focal Length: 5.00mm
    • F/Stop: f/4.000
    • ISO Speed: ISO125
    • Exposure Bias: 0.00 EV
    • No flash

Groups