Memorial e Museu do Padre Leo junto a Comunidade Bethânia em São João Batista - Santa Catarina - Brasil

Selected for Google Maps and Google Earth

Comments (3)

Emerson R. Zamprogno on February 6, 2010

Quem é o Padre Leo, Yuji?!

Paulo Yuji Takarada on February 7, 2010

Emerson R. Zamprogno, eu vou postar sobre a Comunidade Bethânia que tem feito muito pelos abandonados. "A Comunidade Bethânia nasceu de um desejo que o Espírito Santo colocou no coração do Padre Léo scj, a partir de sua própria experiência como sacerdote, trabalhando no Colégio São Luiz, em Brusque (SC).

Os consagrados e consagradas da Comunidade Bethânia fazem votos de pobreza, castidade e obediência; vivem e convivem em união fraterna, no trabalho comunitário, na vida em oração e na formação permanente.

Ser consagrado ou consagrada na comunidade Bethânia é mais do que dar o melhor de si para o outro que acolhemos, é se dar em plenitude ao outro, é um ato de doação incondicional, é se responsabilizar imediatamente pelo Filho ou Filha que acolhemos.

Ser Bethânia é crer e assumir que quando acolhemos um Filho ou uma Filha desfigurados pela dependência, acolhemos o próprio Cristo.

A comunidade Bethânia foi fundada em 14 de março de 1995. É uma entidade filantrópica sem fins lucrativos, declarada de utilidade pública municipal.

A comunidade está aberta para acolher jovens drogados, alcoólatras, menores abandonados e portadores do vírus HIV. Além de moradia, é oferecido gratuitamente a alimentação e os cuidados básico de higiene e saúde.

Os responsáveis pelo acompanhamento diário são os consagrados que vivem em Bethânia, voluntariamente, sem nenhum vínculo empregatício.

Aqueles cujos familiares podem ajudar financeiramente o fazem através de doações mensais à comunidade. Segundo a tradição cristã, com base na Sagrada Escritura, em Bethânia moravam os grandes amigos de Jesus: Lázaro, Marta e Maria (cf. Lc 10,38; Jo 11,1ss). Era o Recanto de Jesus, o lugar onde encontrava descanso, repouso, carinho e amizade profunda e verdadeira. Bethânia é o lugar que sabia acolher Jesus.

A Comunidade procura ver Jesus Cristo em cada jovem e adolescente drogado, prostituído, doente e que perdeu o sentido de sua vida. Procura ser sinal da vida plena que é Jesus para todos aqueles que perderam o sentido da |vida.

Um dos pontos fundamentais do trabalho de recuperação com dependentes de drogas é o trabalho sério e metódico.

O trabalho é parte fundamental do processo de libertação. Aprender a fazer um trabalho duro com uma boa atitude é sinal de maturidade e um bom reflexo do crescimento pessoal e especialmente espiritual.

Pela cultura da droga aprende-se como negociar e roubar. Em Bethânia, olha-se para o trabalho como um privilégio sagrado. Ser criativo e produtivo é uma herança outorgada por Deus, e por meio do trabalho cria-se dignidade e auto-estima. Em Bethânia, procura-se tratar aqueles que vivem no local como verdadeiros filhos e não como pacientes internados. O carisma é acolher cada um e não simplesmente recuperar.

A recuperação é um processo e é fruto do acolhimento. Não existe um tempo fixo de permanência em no Recanto. A graça de Deus, o esforço pessoal, o nívil de intoxicação, a facilidade de adaptar-se a um novo estilo de vida não podem ser mensurados e nem limitados a um tempo pré-determinado. Existe um tempo básico que pode variar de 6 a 12 meses". Fonte Wiki da Canção Nova

Saudações, de Dourados - Mato Grosso do Sul _ Brasil

Emerson R. Zamprogno on February 7, 2010

Obrigado por contar a história, Yuji!

Sign up to comment. Sign in if you already did it.

Paulo Yuji Takarada
Dourados \u002D MS \u002D Brasil

Photo details

  • Uploaded on February 6, 2010
  • © All Rights Reserved
    by Paulo Yuji Takarada
    • Camera: SONY DSC-HX1
    • Taken on 2010/01/09 13:55:32
    • Exposure: 0.001s (1/1250)
    • Focal Length: 5.00mm
    • F/Stop: f/4.000
    • ISO Speed: ISO125
    • Exposure Bias: 0.00 EV
    • No flash

Groups