"Parque Natural da Ria Formosa"- Entrada do Parque na Quinta de Marim - Olhão - Algarve - PORTUGAL

Selected for Google Maps and Google Earth

Parque Natural da Ria Formosa

Fundado em 1987, numa extensão de 60 Km pela costa algarvia, entre o Ancão (concelho de Loulé) e Manta Rota (concelho de Vila Real de Santo António), ocupa uma superfície de cerca de 18.400 hectares, abrangendo partes dos concelhos de Loulé, Faro, Olhão, Tavira e Vila Real de Sto António.

Grande parte da área corresponde ao sistema lagunar da Ria Formosa, um cordão de ilhas e penínsulas arenosas dispostas paralelamente à costa, protegendo uma laguna que forma um labirinto de sapais, canais, zona de vasa e ilhotes. Este cordão é constituído fundamentalmente pela Península do Ancão (que inclui a incorrectamente chamada "ilha de Faro"), as ilhas da Barreta, Deserta, Farol-Culatra (onde se encontra o farol de Sta Maria e a povoação piscatória da Culatra, frente a Olhão), ilhas da Armona-Fuseta, de Tavira, Cabanas e, finalmente, Península de Cacela.

Mapa da Ria Formosa

A Convenção de Ramsar (tratado inter-governamental adoptado em 1971 na cidade iraniana de Ramsar) classificou a área como Zona Húmida de Interesse Internacional. Aqui abrigam-se no Inverno espécies de aves do norte e centro da Europa como os: bullet

Pato-trombeteiro bullet

Marrequinho-comum bullet

Maçarico-real bullet

Tarambola cinzenta bullet

Etc.

Pato-trombeteiro

Símbolo do Parque é o caimão-comum, espécie rara que em Portugal existe e se reproduz exclusivamente nestes lagos algarvios. O flamingo e a águia de asa redonda, a galinhola e o guarda-rios são outras aves que aqui se podem observar.

Outro habitante do Parque, quase extinto na Europa, é o camaleão.

A nível botânico, a área também é de grande interesse, especialmente pela vegetação das zonas de duna e sapal.

A Ria tem também uma importância económica enorme devido à variedade de peixe, marisco e bivalves, sobretudo para Olhão, cidade também conhecida por ser a capital da Ria Formosa. Aqui se cultiva a ameijoa, saindo desta área cerca de 80% do total de exportação do país. A dourada, o robalo ou o camarão da Ria são abundantes.

Camaleão

Poderá ainda clicar nas imagens subaquáticas seguintes para as aumentar: são fotografias tiradas na Ria Formosa, da autoria de José Augusto Silva (http://downinthesea.net).

Aplisia

Aplisia caboz

Caboz Cavalo marinho

Cavalo marinho cavalo-marinho

Cavalo marinho chocos

Chocos

cipreia

Cipreia enguia

Enguia ferrodeengomar

Ferro-de-engomar Fundo zoostera

Fundo Zoostera Nudibrânquios 2

Nudibrânquios

nudibrânquios

Nudibrânquios polvo

Polvo safia

Safias Solha

Solha vieira

Vieira

Outra actividade económica importante é a extração de sal em salinas que, actualmente são também zonas de refúgio de algumas espécies. Algumas destas salinas transformaram-se em autênticas indústrias de ponta de aquicultura de peixes, tendo atraído capitais e conhecimento estrangeiro, em colaboração com a investigação que se faz na Universidade do Algarve.

O Parque Natural da Ria Formosa tem sede em Olhão (perto do Parque de Campismo de Olhão, em Marim) e oferece aos seus visitantes um percurso pedestre de 3 Km, no qual pode visitar: bullet uma estação romana do séc. IV, com vestígios de antigos tanques de salga de peixe bullet um moinho de maré bullet uma barca de atum que levava o pescado às fábricas de conserva da área bullet um observatório de aves em liberdade bullet um aquário anexo ao Centro de Educação Ambiental bullet Centro de Recuperação de Aves, onde se reabilitam aves feridas

bullet Centro de Reprodução e Criação de Cães-de-Água do Algarve (no Centro de Educação Ambiental de Marim, Parque Natural da Ria Formosa, Quelfes 8700 Olhão, Tlm. 965827149; canil.rf@portugalmail.pt; http://www.caodaguapt.org )

Poderá ainda visitar o Chalet do Poeta João Lúcio onde funciona actualmente uma Ecoteca (informações sobre suas actividades em telef.289 700 940 ou ecotecadeolhao@gmail.com ).

chaletma

Chalet do Poeta João Lúcio

Este Chalet e a extraordinária Quinta da Regaleira (em Sintra) são os únicos exemplos da arquitectura simbolista em Portugal. Da sua açoteia poderá visualizar uma panorâmica sobre a Ria Formosa (clique aqui).

Mais informações no Site do Instituto da Conservação da Natureza.

http://www.olhao.web.pt/parquenatural.htm

Parque Natural da Ria Formosa

Trilho do Parque Natural da Ria Formosa

http://www.youtube.com/watch?v=tPBwwKR5P-E

Show more
Show less
Save Cancel Want to use bold, italic, links?

Comments (3)

Denis Kolec on April 6, 2012

Great composition! L1

鹽埔小潘潘 on April 16, 2012

nice shot L50

Ivan Logvinov on October 15, 2012

Interesting photo!
Like!
Best greetings from Russia!
Ivan.

Sign up to comment. Sign in if you already did it.

Photo details

  • Uploaded on April 6, 2012
  • © All Rights Reserved
    by Francisco Bom
    • Camera: NIKON COOLPIX P90
    • Taken on 2006/02/27 08:16:12
    • Exposure: 0.004s (1/270)
    • Focal Length: 4.60mm
    • F/Stop: f/6.300
    • ISO Speed: ISO64
    • Exposure Bias: 0.00 EV
    • No flash

Groups