Statue of Liberty / New York ©Germano Schüür

Selected for Google Maps and Google Earth

Comments (5)

Germano Schüür on February 15, 2007

A Liberdade Iluminando o Mundo, mais conhecida como Estátua da Liberdade, está na entrada do porto de Nova York desde 1886. Foi um presente dos franceses, projetada e construída pelo escultor alsaciano Frédéric Auguste Bartholdi (1834-1904), que usou sua mãe como modelo. Para a construção da estrutura metálica interna da estátua, Bartholdi contou com a assistência do engenheiro francês Gustave Eiffel.

A estátua mede 46,50 metros (92,99 m contando o pedestal). Apenas seu nariz mede 1,37 metro. Pesa 158 t repartidas no esqueleto de aço (127 t) e na estátua de cobre (31 t) e veio da França desmontada em 214 pacotes.

São 167 degraus de entrada até o topo do pedestal. Depois são mais 168 degraus até a cabeça. Por fim, outros 54 degraus levam à tocha.

Frase escrita no pedestal antigamente: Venham a mim as massas exaustas, pobres e confusas ansiando por respirar liberdade. Venham a mim os desabrigados, os que estão sob a tempestade. Eu os guio com minha tocha.

Foi um presente dado por Napoleão, como prêmio aos Estados Unidos após uma batalha vencida contra a Inglaterra.

O historiador francês Edouard de Laboulaye foi quem primeiro propôs a idéia do presente, e o povo francês arrecadou os fundos para que, em 1875, a equipe do escultor Frederic-Auguste Bartholdi começasse a trabalhar na estátua colossal.

O projeto sofreu várias demoras porque naquela época não era politicamente conveniente que, na França imperial, se comemorassem as virtudes da ascendente república norte-americana. Não obstante, com a queda do Imperador Napoleão III, em 1871, revitalizou-se a idéia dum presente aos Estados Unidos. Em julho daquele ano, Bartholdi fez uma viagem aos Estados Unidos e encontrou o que ele julgava ser o local ideal para a futura estátua - uma ilhota na baía de Nova Iorque, chamada ilha de Bedloe (conhecida como ilha Liberty desde 1956).

Cheio de entusiasmo, Bartholdi levou avante seus planos para uma imponente estátua. Tornou-se patente que ele incorporara símbolos da Maçonaria em seu projeto - a tocha, o livro em sua mão esquerda, e o diadema de sete espigões em torno da cabeça, como também a tão evidente inspiração ligada à deusa Sophia, que compõem o monumento como um todo. Isto, talvez, não era uma grande surpresa, visto ele ser maçom. Segundo os iluministas, por meio desta foi dado "sabedoria" nos ideais da Revolução Francesa. O presente monumental foi, portanto, uma lembrança do apoio intelectual dado pelos Americanos aos franceses em sua independência, 1789.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%A1tua_da_Liberdade

Conheça meu trabalho em PHOTOGRAPHIA

Mica Chemello on July 7, 2009

Engraçado Germano, uma foto visualizada tantas vezes e nenhum comentário... nenhumzinho...

Essa é clássica!!

Abraço

Mica

Germano Schüür on July 7, 2009

Tenho deletado muitas. Sempre com manifestações político-ideológicas contra os americanos. Ontem mesmo, tirei a mensagem de um russo que depois de traduzida, vi que o cara ainda estava em plena guerra fria. Chamava os americanos de porcos para cima !

O que tem de Argentino que me reposiciona as fotos que fiz nas Malvinas colocando-as dentro da Argentina, não dá prá aguentar.

Abraço.

Germano Schüür on July 7, 2009

Eu acho que até o BinLaden já deixou mensagem por aqui ! eheheh

Mica Chemello on July 7, 2009

O BinLaden deve ter mandado um "torpedo" hahahahahhah

Sign up to comment. Sign in if you already did it.

Germano Schüür
Caxias do Sul \u002D Rio Grande do Sul, República Federativa do Brasil

Photo details

  • Uploaded on February 16, 2007
  • © All Rights Reserved
    by Germano Schüür

Groups