Panoramio is closing. Learn how to back up your data.

De 910 a 928 e em 1170 Canterbury (Cantuária) a saga de uma emigração (Tomić)

O sobrenome Tomich As pessoas com este nome de família são tipicamente de etnia croata. As fontes históricas dizem que eles vieram de quatro áreas diferentes: Bósnia Média, Kosovo Polje (Kosovo), cidade bósnia de Tomislavgrad ou a cidade croata de Imotski. Existem também alguns sérvios, da área de Ogulin, que apresentam este sobrenome.

Assim, o sobrenome Tomić (Tomich) é relativamente comum na Croácia e na Sérvia, cuja origem parece ser a formação de um patronímico a partir dos nomes Toma ou Tomo, ou de uma forma abreviada de Tomislav, que é um nome híbrido composto do nome latino Thomas mais o elemento eslavo “–slav” que significa glória.

É preciso ter em mente que outra palavra semelhante, com um significado diferente, também pode ser uma raiz para este sobrenome e algumas outras variantes de sobrenome. É a palavra da língua croata antiga “tomiti” (atenuar, abafar, sufocar) a partir do qual o nome muito comum Tomislav pode ter sido derivado. A referência ao nome Tomislav faz sentido por ter sido este o nome do primeiro rei que definiu o território croata, assumindo grande importância na formação da identidade nacional, tendo governado no período de 910 a 928, primeiro como Duque (dux Croatorum) da Croácia em 910 - 925, tornando-se então o primeiro Rei (rex Croatorum) do Reino Croata em 925 - 928.

Ainda que as origens anteriormente apresentadas sejam possibilidades com razoável justificativa, os estudos sobre a formação dos sobrenomes apontam a origem seguinte como a mais plausível.

Registrado em mais de duzentas variações da forma de grafar, como as formas britânicas Tomas e Thomas, as italianas Tommasi e Toma, as germânicas Thom, Thomas, Thoma, Thumm e Thome, a eslava Tomascheck, a russa Fominov, as bielo-russas Tomich e Khomich, a sueca Thomasson, a grega Thomas, as latinas Tomas ou Toma e muitas outras, o nome é de origem aramaica e significa “gêmeo”, sendo derivado do nome do apóstolo de Cristo, São Tomé.

O nome era bastante comum no mundo cristão, mas apenas como nome de religiosos, no período anterior ao renascimento religioso e às Cruzadas realizadas para libertar a Terra Santa nos séculos XI e XII. A popularidade do nome por toda a Europa, desde a Espanha até a Rússia, se deve em parte à influência das Cruzadas, principalmente após a morte de Thomas Becket (São Tomás de Cantuária), Arcebispo de Canterbury (Cantuária), na Inglaterra, em 1170. São Tomás é venerado como santo e mártir pela Igreja Católica e pela Igreja Anglicana. Envolvido num conflito com o rei Henrique II da Inglaterra pelos direitos e privilégios da Igreja, foi assassinado por seguidores do rei na Catedral de Cantuária.

Os primeiros exemplos do sobrenome observados em listas e registros do período medieval incluem: Richard Thome de York, Inglaterra, em 1293; Walter Thomas de Warwickshire, Inglaterra, em 1301, e Dieter Thumm de Wolfschlugen, Alemanha, em 1327.

Com o passar dos séculos, os sobrenomes sofreram alterações e adaptações a cada localidade, resultando em variações acentuadas em relação à grafia original.

Especificamente quanto à Croácia, aquele país formalizou o seu alfabeto por volta de 1850. Os croatas que emigraram, dependendo das circunstâncias em que ocorreu a emigração e da localidade de onde saíam, tiveram seus nomes modificados nos passaportes. O nome de uma pessoa pode ter sido modificado e adaptado à língua austríaca (alemão), húngara ou italiana. Adicionalmente, ao chegar ao país de destino, o nome pode ter sofrido novas alterações para ser adaptado à língua local.

O sufixo -ić (-ich) é um diminutivo eslavo, com a função original de formar patronímicos. Assim, o nome Tomić (ou Tomich) significa o pequeno filho de Tomé. Numa interpretação ou tradução mais livre, significa filho de Tomé ou descendente de Tomé.

Show more
Show less

Photo details

  • Uploaded on August 31, 2013
  • © All Rights Reserved
    by ganzilotomich,
    • Taken on 4501/01/01 00:00:00