LUÍS A. D. LIBERAL
photos
on Google Maps
views
>NOME COMPLETO: Luís Aníbal Dias Liberal > NATURALIDADE: Macedo de Cavaleiros > DISTRITO: Bragança > PAÍS: PORTUGAL > RESIDÊNCIA: Mirandela > PROFISSÃO: Engº Técº Agrário > PASSATEMPOS: Radioamadorismo, Internet, Fotografia, Viagens e Pesca desportiva > CONTACTO: liberal.luis@sapo.pt

LUÍS A. D. LIBERAL's conversations

Gosto. Moinho da Arregata.

Começou o enchimento. A última comporta da barragem foi fechada às 13H20 do dia 13 de Junho de 2016. Data histórica para a barragem, tristeza para todos os que se opuseram à sua construção.

A estação do Tua serve duas linhas: é o término da extinta Linha do Tua e da Linha do Douro. A Linha do Tua era uma ligação ferroviária em via estreita, que ia desde o Tua, até Bragança. Actualmente permanece em funcionamento o troço de Carvalhais a Cachão, com cerca de 16 km, fazendo parte do Metro de Mirandela, tendo o resto da linha sido encerrado. A Linha tinha um comprimento de 134 quilómetros. O primeiro troço, de Tua a Mirandela, entrou ao serviço em 29 de Setembro de 1887, tendo a linha sido concluída com a inauguração do troço até Bragança, em 31 de Dezembro de 1906.

Começou o enchimento. A última comporta da barragem foi fechada às 13H20 do dia 13 de Junho de 2016.

XIII estação da Via-Sacra. A Via-Sacra começa na Rotunda dos Pastorinhos em Fátima e termina no largo da Capela de Stº Estêvão em Aljustrel. Ao conjunto da Via-Sacra e da Capela por ter sido oferecido pelos húngaros espalhados pelo mundo denomina-se Calvário Húngaro.

XIII estação da Via-Sacra. A Via-Sacra começa na Rotunda dos Pastorinhos em Fátima e termina no largo da Capela de Stº Estêvão em Aljustrel. O conjunto da Via-Sacra e da Capela por ter sido oferecido pelos húngaros espalhados pelo mundo é conhecido por "Calvário Húngaro".

Foi construída em 1588, conforme data no fecho do arco.Surge inserida num muro, em alvenaria de xisto, que serve de suporte do terreno situado a N. e que acompanha o percurso do caminho carreteiro. Nas Memórias Paroquiais,1758, refere-se que, por baixo da capela de Nossa Senhora do Viso, está "uma fonte, que dizem, eram as suas águas milagrosas, ainda na encosta de São Lourenço levam santos a elas e algumas pessoas levam lá as crianças engaranhadas, e dizem que têm melhoras em qualquer tempo que seja". Segundo a tradição, as crianças "engaranhadas", que não cresciam ou não engordavam, deviam ser banhadas na fonte, devendo o peregrino ir por um caminho e vir por outro e a criança ser mergulhada vestida. As roupas molhadas deviam ser arrastadas pela corrente e ser-lhe vestida roupa seca. Enquanto a criança era mergulhada 9 vezes rezava-se: "Angaranho vai-te daqui / Que esta água vai atrás de ti / Em louvor de Deus e da Virgem Maria / Um Padre Nosso e uma Avé-Maria".

PATRIMÓNIO CULTURAL (DIRECÇÃO GERAL DO PATRIMÓNIO CULTURAL)

Tags

Friends

  • loading Loading…

 

LUÍS A. D. LIBERAL's groups